Alunos descobrem que a matemática está em toda parte

17 de março

Atividade no Colégio Sidarta comemorou o Dia Internacional da Matemática

Uma bromélia tem matemática. Os nossos olhos também. Ela está em todo parte! Foi isso que os alunos do Colégio Sidarta, Escola de Aplicação do Instituto Sidarta, junto com a equipe do Programa Mentalidades Matemáticas, constataram na Caça ao Tesouro. Para comemorar o Dia Internacional da Matemática, celebrado em 14 de março, os estudantes fotografaram objetos nas instalações da escola para enxergar como a disciplina está presente em nosso cotidiano. 

A atividade foi idealizada pelo site do Dia Internacional da Matemática (IDM – International Day of Mathematics) cujo tema é “A Matemática está em toda parte” e está disponível em inglês, francês, espanhol e alemão. Os alunos foram divididos em grupos multi-seriais de até quatro integrantes do 4º ano até a 3ª série do Ensino Médio. A atividade ocorreu nas áreas internas e externas da escola. 

As equipes receberam 20 frases como: “um grupo de coisas grandes demais para serem contadas”, “um grupo de coisas cuja cor, tamanho ou forma segue um padrão”, “uma coisa feita de superfícies planas e arestas rígidas, com ou sem curvas”.  A tarefa foi encontrar e fotografar com um tablet os objetos que representem essas frases. Os estudantes tiveram uma aula de 50 minutos para encontrar os objetos.

“É uma maneira muito divertida de saber o quanto a matemática está em nosso dia a dia, porque é uma experiência criativa e em grupo. Uma coisa é você dizer isso em sala de aula, outra são os alunos comprovarem e debaterem onde está a matemática”, afirma Carol Piaia, coordenadora do Programa Mentalidades Matemáticas e professora do Colégio Sidarta.

Os grupos partiram para a Caça ao Tesouro. Um relógio foi fotografado para ilustrar a frase “números que representam algo mais”. Registros do olho de um estudante e até mesmo do CNPJ da empresa que fabrica os extintores de incêndio entraram no jogo.

Mas e quando um objeto representa mais de uma frase? Foi o caso de uma bromélia, que provocou dez minutos de debate em um grupo. A riqueza da discussão foi descobrir que há distintos olhares matemáticos para cada objeto. “Como é interessante, através da matemática, termos a possibilidade de ver a mesma coisa de formas tão diferentes”, analisa Carol. 

Depois os grupos trocaram as fotos e interpretaram a relação entre frases e imagens. Será que eles teriam o mesmo olhar dos fotógrafos? O debate foi intenso. “Essa segunda parte tem aspectos muito interessantes, que é o olhar do outro e eles têm que explorar a justificativa matemática das escolhas”, diz Carol. 

A aluna Heloísa falou sobre o desafio de analisar duas imagens quase iguais, que mostravam os olhos de um aluno. Deveriam descartar uma delas? Colocariam na mesma frase? O grupo resolveu o impasse relacionando cada foto com uma frase diferente. “Círculos dentro de círculos”, considerando a íris e a pupila do olho e “conjunto de coisas em quantidade muito grande para contar”, pensando nos cílios.

A interação e a colaboração foram fundamentais para o sucesso das atividades. Um dos participantes resumiu: “Foi bom trabalhar com os colegas de outros séries, todos ajudaram muito”. 

O resultado da Caça ao Tesouro está exposto para todos os alunos da escola no hall central  da escola com as frases e fotografias. Um lembrete diário de como a matemática está em todos os lugares. 


    Cadastre-se para aproveitar todos os nossos conteúdos gratuitos!

    *Ao preencher o formulário, concordo em receber comunicações de acordo com meus interesses e afirmo estar de acordo com a Política de Privacidade.
    **Você poderá alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

      Cadastre-se para aproveitar todos os nossos conteúdos gratuitos!

      *Ao preencher o formulário, concordo em receber comunicações de acordo com meus interesses e afirmo estar de acordo com a Política de Privacidade.
      **Você poderá alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
      Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

        Cadastre-se para aproveitar todos os nossos conteúdos gratuitos!

        *Ao preencher o formulário, concordo em receber comunicações de acordo com meus interesses e afirmo estar de acordo com a Política de Privacidade.
        **Você poderá alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
        Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.