Descubra a opinião dos alunos sobre MM

Na próxima quinta-feira (17), às 18h, no canal do Mentalidades Matemáticas no YouTube vai ao ar o segundo episódio da nova temporada da série “Multiplicando saberes”, realizado pelo Instituto Sidarta com parceria do Itaú Social e apoio do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). Desta vez, além de professores, o encontro vai ouvir aqueles que são diretamente impactados pelas escolhas dos educadores em sala de aula: os alunos.

“As evidências estão nos estudantes” será o tema da conversa, e representando o grupo estarão presentes Lucas Roldão Cardoso, Victória Cardoso dos Santos, Tainara Friedrich e Tauan Pereira Gomes. As professoras de matemática da Rede MM Dilce Cardoso e Dioneide Almeida, do Rio Grande do Sul e de Pernambuco, respectivamente, também irão compor a conversa, que será mediada pela diretora do Instituto Sidarta, Claudia Siqueira, e pelo diretor de pesquisas do Youcubed Jack Dieckmann, da Universidade de Stanford.

Experiências compartilhadas

Victória, que cursa o sexto ano, participou do Curso de Férias do Mentalidades Matemáticas. Já Tauan e Lucas, do ensino médio, têm aulas de matemática que usam MM, e Tainara, que já passou pela mesma experiência desses colegas, hoje estuda pedagogia. 

A ideia do webinário é mostrar que as evidências de aprendizagem e mentalidade também estão com os alunos. As próprias diferenças de idade dos participantes servem para provar que não importa quando comece, sempre é tempo de estudar Mentalidades Matemáticas.

Durante o encontro, os estudantes irão relatar quais mudanças sentiram quando seus professores começaram a aplicar Mentalidades Matemáticas em sala de aula. A abordagem, que prega o ensino da matemática de uma maneira mais aberta, criativa e visual, é baseada em pesquisas de neurociência que provam que todos podem aprender a disciplina em altos níveis. Para isso, a própria mentalidade dos alunos é trabalhada, estimulando para o crescimento, o que se reflete no processo de aprendizagem de uma maneira geral.

Um novo olhar

Receios comuns vividos por alunos, como ser taxado de “burro”, não se achar capaz, ter medo de errar, também fizeram parte da trajetória dos participantes do webinário. Até mesmo Tainara, que hoje enquanto estudante de pedagogia cria materiais de ensino, conta que se redescobriu na matemática depois de conhecer a abordagem MM, o que reforça a importância do programa e do olhar para a disciplina na própria pedagogia.

Aproveite o encontro e inspire-se você também! Os espectadores poderão enviar comentários e perguntas e receberão um certificado de participação no final do evento. Anote aí: é na próxima quinta (17) a partir das 18h. Nos vemos lá!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *