Retrospectiva 2020 do Programa Mentalidades Matemáticas

Reinvenções e adaptações marcaram o ano de 2020. Para o programa Mentalidades Matemáticas não foi diferente. Diante das mudanças que o mundo inteiro enfrentou devido à pandemia do novo coronavírus, nossa equipe precisou reformular atividades e práticas para continuar discutindo e repensando a matemática em um cenário ainda mais desafiador para a educação. Com tanto empenho, apesar das adversidades, os resultados foram muito significativos. Venha recordar 2020 conosco, em uma retrospectiva exclusiva.

Mentalidades Matemáticas em 2020

Imagem de <a href="https://pixabay.com/pt/users/susan-lu4esm-7009216/?utm_source=link-attribution&utm_medium=referral&utm_campaign=image&utm_content=4660439">Susan Cipriano</a> por <a href="https://pixabay.com/pt/?utm_source=link-attribution&utm_medium=referral&utm_campaign=image&utm_content=4660439">Pixabay</a>
Imagem: Pixabay

Curso de férias

O ano de 2020 começou do jeitinho que a gente gosta: mostrando que quando a matemática é ensinada de maneira criativa, é possível aprender mais e melhor! Em sua primeira edição, o Curso de Férias do Programa Mentalidades Matemáticas reuniu 100 alunos da rede municipal de Cotia (SP) em plenas férias de janeiro para ensinar conceitos da disciplina por meio de uma abordagem acolhedora, com recursos visuais e trabalho colaborativo. Os resultados foram muito positivos, com os alunos engajados em aprender matemática

Em agosto, um estudo sobre o impacto do curso ainda revelou que os participantes tiveram um ganho de 1,3 ano de escolaridade em conceitos matemáticos em apenas 10 dias. Tanto sucesso virou até notícia: o Mentalidades Matemáticas (MM) foi parar em grandes veículos de comunicação, como no Valor Econômico, no Jornal Nacional e na Folha de S.Paulo. Neste último, inclusive, a reportagem publicada levou o Prêmio IMPA-SBM de Jornalismo.

Webinários

Mas se em janeiro pudemos fazer um evento presencialmente, como todos sabem, nos meses seguintes isso já não foi mais possível por conta da pandemia. Então o Seminário do Mentalidades Matemáticas, que ocorre todo ano, mudou seu formato para a série de webinários Multiplicando saberes. De julho a dezembro, educadores do Brasil inteiro se juntaram aos especialistas do Instituto Sidarta e convidados para discutir a aplicabilidade do MM em sala de aula. Os encontros foram conduzidos por Jack Dieckmann, da Universidade de Stanford, berço do MM, que ainda visitou o Instituto para reuniões estratégicas.

Já entre junho e outubro, E a matemática com isso? foi ao ar. Em um total de cinco encontros, profissionais de diversas áreas se reuniram, também de forma remota, para discutir a ligação entre a matemática e outros temas relevantes da sociedade, como questões de gênero e políticas públicas.

Os webinários contaram com parceria do Itaú Social. E a matemática com isso? ainda teve apoio do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). Todos os episódios continuam disponíveis no nosso canal no YouTube.

Matemática e equidade

Em agosto, educadores ganharam mais um ambiente para discutir e aprender novas formas de ensinar. O curso EAD Matemática e Equidade foi lançado pelo programa Mentalidades Matemáticas, promovido pelo Instituto Sidarta com apoio da Cabot Corporation. Em 21 semanas, os participantes debateram desde os conceitos de MM até as principais práticas que envolvem o Ensino para equidade, metodologia desenvolvida pela pesquisadora Rachel Lotan para incentivar a interação entre os alunos e, assim, melhorar o engajamento e o aprendizado. 

Portal novinho em folha

Até mesmo este portal que você está navegando está na nossa retrospectiva! Educadores, famílias, alunos e todos aqueles interessados em aprender matemática por meio da abordagem MM ganharam em novembro de 2020 esta plataforma digital totalmente repaginada, com muito mais conteúdos e recursos. Além de um novo blog, atualizado diariamente, no site você confere desde o bê-a-bá sobre MM, incluindo depoimentos de professores que levaram o programa para a sala de aula, reforçando o poder da matemática mais aberta, criativa e visual.

Lançamento da Rede MM

Para fechar a retrospectiva, o último tópico remete a um aspecto que permeou todo o nosso ano de 2020: a união. Para incentivar as trocas de saberes e experiências entre educadores que aplicam ou gostariam de aplicar a abordagem MM em sala de aula, em setembro lançamos uma campanha nas redes sociais convidando esses profissionais a fazerem parte da Rede MM. A adesão foi rápida e, hoje, contamos com 140 pessoas reunidas no WhatsApp. O grupo ainda se dividiu em células regionais, com o intuito de aproximar seus membros. Além do contato diário pela rede, também são realizadas reuniões mensais entre os integrantes para compartilharem suas práticas, dificuldades e trajetórias. Em 2021, haverá uma plataforma exclusiva dessa rede, que poderá chegar até 90 mil membros. 

Gostou da retrospectiva 2020 do Mentalidades Matemáticas? Então continue nos acompanhando para não perder as próximas novidades!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *