Saber matemática contribui com a sua saúde

Ciência foto criado por mdjaff - br.freepik.com

Nunca se ouviu falar tanto sobre saúde como no último ano. E não é por menos: diante de uma pandemia global, vimos como os cuidados com o nosso corpo são importantes e podem nos proteger de uma série de ameaças. Atividade física e alimentação equilibrada são as medidas mais conhecidas para manter a saúde em dia, mas e se alguém te contasse que a matemática pode ser mais uma importante aliada nessa tarefa?

Quem conta essa relação é a estatística Talithia Williams. Em seu TEDTalk, usando exemplos pessoais, ela apontou como uma medida simples pode fazer um bem enorme à nossa saúde: a medição e registro de dados frequente do nosso corpo. Acredite se quiser, mas foi justamente isso que impediu Talithia de precisar ter um parto induzido indevidamente (e elevar a temida estatística das cesáreas desnecessárias).

A seguir, veja 3 exemplos listados pela profissional que provam que fazer dessa atitude um hábito pode favorecer a nossa saúde.

Mostre-me os dados!

Talithia Williams fala sobre matemática e saúde
Talithia Williams | Reprodução YouTube

Gravidez e fertilidade

Ao contar sobre como descobriu sua primeira gravidez, Talithia disse que vinha acompanhando a medição da sua temperatura corporal. E foi ao notar dois aumentos seguidos nesses números que ela pensou estar grávida, fato confirmado por um teste. Quando uma mulher está esperando um bebê, sua temperatura corporal sobe para proteger o filho. 

Infelizmente, Talithia sofreu um aborto, mas ela chama a atenção sobre como não desconfiaria de uma possível gestação – mas apenas de um atraso na menstruação – se não fosse pelo seu acompanhamento. Esses dados, portanto, poderiam ser úteis em caso de novas tentativas de engravidar sem sucesso, para auxiliar os médicos a encontrar a causa do problema.

Alterações na tireoide

Entre outras funções, a tireoide mantém a nossa temperatura corporal em um estado agradável. Agora, quando a glândula não está trabalhando bem, a temperatura corporal costuma ficar mais baixa que o normal e variar bastante. Conclusão: coletando a temperatura diariamente, é possível avaliar o funcionamento da tireoide e receber o primeiro alerta para ir ao médico, já que disfunções na glândula exigem tratamento (e quanto antes começar, melhor!).

Pressão sanguínea

Mais um exemplo que Talithia traz em sua palestra é sobre a saúde do seu marido. Após um incidente que levou um médico a acreditar que ele estava tendo um ataque cardíaco (quando o problema era apenas um incômodo nasal), ele passou a medir sua pressão constantemente e observou como a mudança de hábitos favoreceu sua saúde. 

“Assumindo responsabilidade por seus dados, assim como nós fizemos, apenas tirando medidas diárias de vocês mesmos, vocês se tornarão especialistas em seu corpo”, diz Talithia. “Médicos são especialistas na população, mas você é o especialista em você mesmo. E então, quando vocês dois se juntam, quando dois especialistas se juntam, vocês dois são capazes de tomar decisões melhores.”

Gostou? Você pode assistir à palestra completa abaixo (em inglês). Para conferir a versão legendada, clique aqui.

Matemática e saúde: tudo a ver

Além de contribuir com uma rotina equilibrada, a matemática pode ajudar em muitos outros aspectos da saúde. Neste post, por exemplo, você confere como a disciplina tem colaborado em pesquisas sobre o câncer, e neste aqui trazemos um exemplo atual da importância dos conceitos matemáticos para elaborar medidas mais eficientes contra o novo coronavírus. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *